Letra de Médico

Aqui todos se entendem!

Dicas para escrever bem...

Cuidado com a hortografia, para não estrupar a língüa portuguêza.


Palm: Por Que Você Deve Ter Um

26 de janeiro de 2007 - Eduardo

Palm Tungsten T3

Há alguns anos atrás, adquirir um desses pequenos dispositivos eletrônicos poderia parecer total desperdício de dinheiro. As primeiras versões, apesar de compactas, eram caras e limitavam-se a armazenar a agenda telefônica do usuário, guardar compromissos e datas de aniversário além de pequenos textos e gráficos monocromáticos. Hoje a realidade é outra.

Os Palms* deixaram de ser apenas agendas eletrônicas incrementadas tornando-se excelentes ferramentas de trabalho e apoio ao aprendizado. A infinidade de softwares de medicina disponíveis para Palm prova que a classe médica é, com certeza, uma das que mais sabe explorar as facilidades oferecidas pela maquininha.

A concorrência aumentou bastante e hoje, além de vários modelos diferentes à disposição do comprador, os preços estão mais acessíveis. O importante é perceber que o Palm não é um substituto para o computador pessoal, mas uma extensão dele que pode ser levada para qualquer lugar no bolso de sua camisa. Ele é também um dos exemplos mais bem sucedidos da tão sonhada convergência digital, substituindo vários equipamentos de forma bastante satisfatória.

Imagine que você está no meio de uma aula de Fisiologia, desesperado tentando anotar tudo que seu professor fala naquela velocidade sobre-humana típica dos professores de Medicina. Além de perder boa parte das anotações, é possível que nem mesmo você consiga decifrar o que escreveu. A seu lado está um colega digitando calmamente as palavras do professor no pequeno teclado sem fio do Palm. Para não perder os detalhes, ele grava com o microfone embutido do aparelho o relato do professor. Pode ainda tirar fotos ou gravar um vídeo das explicações mais importantes com a câmera digital do dispositivo. Nos minutos finais, passadas três intermináveis horas de aula, enquanto outro colega procura desesperado uma tomada para manter seu notebook (quase sem bateria) funcionando, o proprietário do Palm navega na internet pesquisando informações sobre o trânsito, previsão do tempo e envia uma mensagem SMS para o celular da namorada, com a hora em que deve chegar em casa. Na volta da universidade, pode ouvir MP3 ou assistir alguns vídeos na pequena tela colorida de ótima definição. Tudo isso já é realidade, aqui mesmo no Brasil!

Além de agenda eletrônica, editor de arquivos Word, Excel e PowerPoint, gravador de voz, câmera digital, tocador de vídeo e mp3, visualizador de livros digitais (sim, você não precisa mais andar com aqueles dois pesados volumes de Medicina Interna dentro da pasta) e plataforma para rodar os mais variados softwares de medicina (exemplos do que pode ser feito com a maior parte dos Palms comercializados hoje em dia), os modelos top de linha possuem tela widescreen, conexão wireless para internet sem fio, saídas para monitor e projetor, funcionam como telefone celular e até GPS.

Interessou? Em breve vou postar algumas dicas de como escolher seu primeiro (ou próximo) Palm, além de sugestões de programas úteis para quem estuda ou trabalha na área médica.

OBS: A palavra Palm é na verdade uma marca de propriedade da empresa Palm, Inc. Assim como aconteceu com a Xerox (marca de um grande fabricante de impressoras, que tornou-se sinônimo de fotocópia), o termo Palm é utilizado hoje em dia de maneira genérica referindo-se a computadores portáteis que cabem na palma da mão.

7 Comentários em “Palm: Por Que Você Deve Ter Um”

  1. Oi Eduardo! Adorei seu texto! Estava pensando em comprar um Palm mas não sabia se seria útil. Agora tenho certeza q será! Estou ansiosa para ler suas próximas dicas sobre Palm

    Ângela

  2. Apesar de o preço de um palm estar além do meu orçamento, achei o artigo interessante por mostrar mais uma ferramenta à serviço de estudantes e médicos.

    Até mais!

    Bruno Yporti

  3. Oi Eduardo, realmente muito instrutivo seu primeiro artigo sobre Palms. Gostaria de pedir, se nao fosse muito, disponibilizar informaçoes específicas q possam nortear a escolha de um ou outro dos diversos modelos disponíveis no mercado, tendo em vista sempre a melhor escolha para utilizaçao na área de estudantes de medicina como tb profissionais já formados. Obrigado antecipadamente.

    Sidarta Frota

  4. Bom dia Eduardo!Artigo realmente muito interessante! O Palm,como muitos outros aparelhos vêm ao mundo com o intuito de dar mais conforto e consequentemente trazer um melhor rendimentos aos médicos e estudantes! Estou na espera também dos seus artigos futuros sobre ele,pois estou iniciando minha vida médica(estudante),e não sei ainda como começar a avaliar um Palm.
    Abraços!

    Marco Barral

  5. Gostaria de saber,se tem como usar chip de celular no palm?ou a internet é gatris.
    Obrigada!

    Jamile Rosa

  6. oá, muito obrigada pelas explicações do artigo. Eu estava ansiosa procurando algo na internet sobre palm, pois estudante e fiquei sabendo dessa nova oportunidade. Mais notícias por favor!!! hehe

    Vanessa Costa

  7. esta dificil encontrar(ou eu nao sei procurar) programas relacionados a medicina para eu colocar no meu palm quem souber pode me dar um dica? jhonnathankunz@hotmail.com

    Jhonnathan

Deixe seu Recado